Botou água no leite? Deporta para o Brasil

Extraído de O Brasil em Jornal nº 18 – ano 1557

001Lisboa, 2 janeiro  1557

Do mexerico puro e simples, passando pela rixa com ferimentos, pelo porte de armas proibidas e pela água no leite até roubo de dinheiros públicos, 50 delitos cometidos em Portugal podem deportar o delinqüente para o Brasil que é por lei, depois da pena de morte, a punição mais severa.

A reportagem de O BRASIL EM JORNAL, compulsando a legislação penal portuguesa, anotou as seguintes contravenções:

1) Cortar arvores frutíferas (com prejuízos superiores a 30 cruzados, a pena é o degredo para o Brasil)

2)Fazer barulho noturno, quebrando portas ou fechando-as de brincadeira, pelo lado de fora;

3) ter arcabuz de menos de palmos de cano (a punição para escravos é a morte, para os peões chicote e Galés, para as pessoas de maior qualidade, degredo para o Brasil)

4)Pedir socorro em brigas etc… sem gritar”aqui d’el-rei” degredo de cinco anos

5) Pôr água no leite

6) Fazer mexerico ou dar crédito a ele

7) Marido perdoar adultério

8) Falsificar moeda selo etc.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em Variedades. ligação permanente.

2 respostas a Botou água no leite? Deporta para o Brasil

  1. Existe a velha máxima que a educação vem do berço, tai a confirmação.

  2. P.O.M diz:

    Esse degredo para o Brasil explica porque somos uma nação de corruptos e ladrões, salvo as exceções, pouquíssimas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s